Artigo

Diga adeus: as últimas horas com o cachorro


Dizer adeus a um cachorro amado é doloroso. Quão grande é realmente essa dor, só pode ser sentida por quem possui um animal de estimação que perdeu. O tempo antes da morte é precioso e deve estar bem preparado. Diga adeus: as últimas horas com o cachorro - Foto: Shutterstock / jamiehooper

Dizer adeus ao cachorro: você sabe a hora certa

Não importa quanto tempo seu melhor amigo esteja com você, a morte é uma experiência drástica e dolorosa para quem ama seu animal e o considera um membro da família. A decisão da hora da morte raramente é aliviada do sono pacífico de seu fiel companheiro. A realidade é que você precisa ver por si mesmo quando for a hora certa. O medo tem um grande papel nisso. Medo de escolher cedo demais, mas também tarde demais. Ninguém quer se separar do amigo de quatro patas. É ainda mais importante recuperar seus próprios desejos e tomar a decisão.

Faça os preparativos finais antes da morte

Portanto, tome consciência de que o processo de tomada de decisão poderá chegar em breve. Converse com seu veterinário e obtenha aconselhamento nas últimas horas. Por exemplo, esclareça se seria possível dormir em casa. Também devem ser feitas provisões para o período seguinte. Hoje, cemitérios de animais e outros tipos de enterro oferecem oportunidades adequadas para se despedir. Além disso, converse com sua família e amigos sobre a perda iminente e não fique sozinho com a dor. Uma dica no final: Acima de tudo, gaste muito tempo com seu cão. Se você experimenta conscientemente as últimas horas com seu melhor amigo, isso pode não aliviar sua dor, mas ainda dá a você e a seu companheiro um pouco de paz.

0 comentários Conecte-se para comentar