Em formação

Açafrão é bom para meu cachorro?


Sophie Jackson adora cães e mora no Reino Unido. Ela compete em agilidade e obediência com seus quatro cães.

Nos últimos anos, o açafrão-da-índia de especiarias foi reconhecido como tendo inúmeros benefícios para a saúde das pessoas e agora está sendo recomendado como um suplemento natural de saúde para animais de estimação.

A cúrcuma, também conhecida como açafrão indiano, cresce na Ásia e na América Central e é mais conhecida pela maioria de nós como uma especiaria amarela brilhante que dá cor e sabor aos alimentos picantes. O tempero que consumimos na verdade vem da raiz triturada da planta e é amplamente utilizado na culinária de inspiração asiática, como corante e em chás e pós.

Ele tem sido tradicionalmente usado na medicina popular indiana para uma série de problemas de saúde e, nas últimas duas décadas, cientistas ocidentais têm estudado o açafrão-da-índia para ver se esses supostos benefícios à saúde são genuínos. Eles descobriram que o ingrediente ativo curcumina na cúrcuma tem uma gama de propriedades medicinais, incluindo alívio da dor e uso como antiinflamatório.

Com esses benefícios bem documentados nas pessoas, é natural que os amantes dos animais se perguntem se os mesmos resultados ocorreriam nos animais. Alimentar os cães com açafrão na forma cozida tornou-se uma escolha popular como alternativa ao alívio da dor tradicional. Então, quais são os prós e os contras de alimentar açafrão?

Os benefícios para a saúde da curcuma

Embora mais estudos e pesquisas sejam necessários para alguns desses benefícios à saúde, as evidências até agora têm sido promissoras.

Um Antiinflamatório Natural

Numerosos estudos demonstraram que a curcumina tem propriedades antiinflamatórias que podem aliviar os sintomas de problemas como a artrite. A Arthritis Foundation recomenda que as pessoas tomem comprimidos de açafrão como um antiinflamatório natural.

Alívio da dor

A redução da inflamação tem um impacto na dor que um indivíduo está sofrendo; portanto, o açafrão pode ser considerado um analgésico natural. Um estudo conduzido na Tailândia descobriu que os pacientes que sofrem de artrite que receberam cúrcuma como único alívio da dor melhoraram tanto quanto aqueles que receberam ibuprofeno.

Antioxidante

A cúrcuma é um antioxidante natural e os benefícios potenciais para a saúde disso estão sendo investigados. É um antioxidante tão forte que pode ser capaz de prevenir danos ao fígado causados ​​por toxinas, o que seria de grande benefício para humanos ou animais de estimação que precisam tomar medicamentos para outras condições médicas que são difíceis para o fígado.

Trabalha contra o câncer

Foi demonstrado que a cúrcuma inibe o crescimento de tumores e está sendo investigado se tomar a cúrcuma regularmente pode realmente prevenir o desenvolvimento de certos tipos de câncer.

Pode ajudar na digestão

A cúrcuma está sendo explorada como um tratamento potencial para doenças digestivas crônicas, como a SII. Ele tem sido usado como um remédio tradicional para problemas digestivos na Índia por séculos. Evidências anedóticas de pacientes sugerem que pode fornecer alívio para problemas digestivos. No entanto, a evidência científica para isso é até agora inconclusiva.

Potenciais efeitos colaterais

Em geral, o açafrão é considerado um suplemento muito seguro e natural, mas há efeitos colaterais que foram relatados e devem ser considerados antes de alimentar animais de estimação.

Pode perturbar o estômago

Embora o açafrão tenha sido sugerido como um auxílio digestivo, alguns pacientes com SII afirmaram que isso os fez sentir-se pior. A cúrcuma estimula o estômago a produzir mais ácido gástrico para melhorar a digestão, mas isso também pode ter um efeito negativo, por exemplo, em pessoas que sofrem de pancreatite ou úlceras estomacais.

Se o seu animal de estimação já tem problemas de estômago, especialmente se estiverem sendo tratados com medicamentos antiácidos (como o Zitac), talvez seja melhor evitar o açafrão.

Pode diluir o sangue

A cúrcuma pode tornar o sangue mais fino, embora a ciência ainda não tenha determinado por que ele faz isso. Isso pode fazer com que os pacientes sangrem mais facilmente e pode ser uma preocupação para aqueles que já estão tomando anticoagulantes ou têm uma condição pré-existente, como anemia.

Pode causar pedras nos rins

Foi sugerido que em cães com tendência a pedras nos rins, o açafrão pode piorar o problema e, portanto, deve ser evitado.

Receita básica de pasta de ouro

Para aumentar as propriedades de promoção da saúde do açafrão, descobriu-se que a melhor maneira de consumi-lo é depois de cozido. Também foi demonstrado que a combinação de açafrão cozido com pimenta-do-reino moída na hora aumenta a capacidade do corpo de absorver a curcumina do açafrão em 2.000%.

Quando a cúrcuma é cozida e a pimenta adicionada, é frequentemente referida como 'Pasta Dourada'. Você pode comprar pasta de ouro online para seus cães e também obter formas de comprimidos, mas também é muito simples e barato de fazer.

Ingredientes

  • 60g ou 1/2 xícara de açafrão
  • 250ml ou 1 xícara de água
  • 70ml ou 1/3 xícara de óleo de coco (você também pode usar óleo de linhaça ou azeite)
  • 2 a 3 colheres de chá de pimenta-do-reino moída na hora

Instruções

  1. Coloque a água e o açafrão em uma panela e aqueça delicadamente por cerca de 8 a 10 minutos para transformá-lo em uma pasta grossa. Evite ferver. Se necessário, adicione um pouco mais de água.
  2. Retire do fogo e acrescente o óleo de coco e a pimenta-do-reino. Homogeneizar.
  3. A pasta dourada é melhor armazenada na geladeira, você também pode congelá-la.

Diretrizes de alimentação

A cúrcuma é alimentada com base no peso de um animal de estimação. É melhor dividir em duas porções durante o dia para obter o máximo benefício. Portanto, um cão de 15kg tomaria 1/4 de uma colher de chá duas vezes ao dia.

  • Abaixo de 10kg / 22lbs: 1/4 colher de chá
  • 11-20kg / 22-44lbs: 1/2 colher de chá
  • 21-40kg / 23-88lbs: 3/4 colher de chá
  • Mais de 40kg / 88lbs: 1 colher de chá

Guloseimas de pasta dourada

Uma pasta dourada básica pode ser adicionada à comida do seu cão, mas nem todos os cães comem pasta dourada como ela é. Aqui está uma receita para transformar a pasta de ouro em uma guloseima saborosa para o seu cão, para que ele fique feliz em comê-la. Ao fazer a sua pasta dourada para esta receita, não adicione o óleo, pois isso vai atrapalhar o endurecimento das gengivas.

Nesta receita, estamos usando gelatina bovina como agente de fixação. Ele contém colágeno, que também é bom para as articulações e é praticamente livre de gordura. O leite de cabra também tem baixo teor de gordura e é mais bem tolerado pelos cães do que o leite de vaca. Ambos os ingredientes tornam as gomas saborosas para os cães.

Ingredientes

  • 1/2 lote de pasta dourada caseira (veja acima)
  • 125ml ou 1/2 xícara de leite de cabra integral
  • 4 colheres de sopa de gelatina de carne em pó

Instruções

  1. Despeje o leite em uma panela e polvilhe com a gelatina, deixe por 5 minutos para que a gelatina desabroche.
  2. Aqueça o leite suavemente até que a gelatina se dissolva. Não aqueça demais nem deixe ferver.
  3. Adicione a pasta dourada e misture. Você deve ter uma mistura para derramar, se ficar muito grossa pode adicionar um pouco mais de leite ou água.
  4. Despeje em moldes de silicone ou em um recipiente raso de plástico. Coloque na geladeira para endurecer. Se estiver usando moldes, retire as gomas depois que estiverem firmes. Guarde na geladeira. As gengivas duram cerca de uma semana.

Diretrizes de alimentação

  • Cães pequenos podem comer 1/2 goma duas vezes ao dia, dependendo do tamanho deles. Ou alimente uma colher de chá de 1/4 do recipiente.
  • Cães médios podem comer duas gomas por dia ou 1/2 colher de chá.
  • Cães grandes podem comer de 3 a 4 gomas por dia ou de 3/4 a 1 colher de chá por dia.

© 2021 Sophie Jackson


Os cães podem comer cúrcuma? A cúrcuma é segura para cães?

Sim, é perfeitamente seguro para os cães comerem açafrão, quer você misture na comida ou dê a eles assado em uma guloseima. Você também pode fazer uma pasta dourada que pode facilitar a administração do tempero ao seu animal de estimação.

Como o açafrão não é bem absorvido pelo corpo, você deve misturá-lo com uma gordura saudável ou pimenta-do-reino. Você pode adicionar esses ingredientes a uma pasta, dar diretamente ao seu animal de estimação ou adicioná-la à comida.

Sim, é perfeitamente seguro para os cães comerem açafrão, quer você misture na comida ou dê a eles assado em uma guloseima caseira. Você também pode criar uma pasta dourada que pode facilitar a administração do tempero ao seu animal de estimação.

Cada cão é diferente, e seu animal de estimação pode ser um comedor exigente ou se recusar a comer qualquer coisa que tenha açafrão adicionado a ele. O suplemento está disponível em forma de cápsula, no entanto, certifique-se de ler o rótulo se você decidir comprar um produto comercial. As cápsulas de cúrcuma são projetadas para humanos e algumas podem conter mais curcumina do que o seu cão deveria tomar.

É uma boa ideia começar devagar ao oferecer açafrão ao seu animal de estimação. Se o seu cão tem um estômago sensível, ele pode ficar mais irritado se ingerir muito. É melhor dar a seu cão 1/5 da dosagem recomendada, com base no peso dele, e aumentar a dose gradualmente até atingir a dosagem máxima.



Se você acompanha as tendências no espaço de saúde e bem-estar, provavelmente já ouviu falar que o mais recente suplemento maravilhoso está escondido em sua prateleira de temperos. Foi demonstrado que a cúrcuma previne e trata várias doenças crônicas e graves em humanos, incluindo câncer, artrite, doenças cardíacas e muito mais. Não é novidade que adicionar este suplemento à comida do seu cão pode fornecer benefícios de saúde semelhantes.

A chave para os benefícios de saúde do açafrão está em um composto chamado curcumina, um produto químico amarelo brilhante que compõe de 2 a 6% do açafrão. O tempero é conhecido por ter efeitos especiais antiinflamatórios e curativos dignos de um lugar em um filme de grande sucesso. A cúrcuma é segura para a maioria dos cães e aumenta a imunidade e alivia os sintomas de muitas doenças caninas.

Os benefícios de saúde da cúrcuma para cães podem incluir:

1. Efeitos antiinflamatórios

2. Benefícios antibacterianos, antivirais e antifúngicos

3. Promover a saúde do coração e do fígado

4. Promoção da saúde digestiva

5. Propriedades antioxidantes, que podem ajudar a prevenir certos tipos de câncer

7. Tratamento para alergias, epilepsia e doenças hepáticas

9. Medicamento antidiarreico

O significado desses benefícios vai muito além do óbvio. Por exemplo, os benefícios antiinflamatórios ajudam cães com doenças nas articulações (displasia do quadril, doença do disco, artrite, etc.), mas os benefícios também podem parar um assassino silencioso que pode se expressar como câncer, alergias, doenças dentárias, doenças digestivas e muito mais . A cúrcuma pode reduzir a inflamação aguda de baixo grau, liberando glóbulos brancos para os tecidos do corpo.

A pesquisa mostrou que a curcumina alivia a dor e a rigidez da artrite melhor do que o ibuprofeno, e um estudo no Reino Unido determinou que a curcumina impediu que lesões pré-cancerosas se transformassem em câncer. Ele também pode diminuir o tamanho dos tumores e matar as células cancerosas, fechando os vasos sanguíneos que alimentam os tumores. A especiaria também tem sido usada no tratamento de doenças inflamatórias intestinais (DII) e impedindo o desenvolvimento de cataratas. Usar açafrão em vez de esteróides e outras drogas pode fornecer alívio sem efeitos colaterais prejudiciais.

Como dar açafrão para seu cachorro

A melhor maneira de entregar açafrão ao seu cão é fazer uma pasta e adicioná-la à ração CANIDAE® do seu animal de estimação. A substância é difícil de ser absorvida pelo corpo, a menos que seja ingerida com um óleo saudável, como óleo de coco ou azeite. Além disso, alguns médicos recomendam dar o tempero com um pouco de pimenta-do-reino, ou peperina, que aumenta significativamente os efeitos. Sem os reforços, adicionar pó puro à comida é uma perda de tempo - ele apenas passará pelo corpo do cão sem ser absorvido.

Receita de pasta de cúrcuma para cães

1 ½ colher de chá de pimenta-do-reino moída na hora

Aqueça o açafrão em pó, água e azeite ou óleo de coco em uma panela no fogão. Defina em fogo baixo e mexa até obter uma mistura espessa e pastosa. Adicione a pimenta no final do cozimento e use um pouco mais de água se a pasta ficar muito grossa. Deixe a pasta esfriar e guarde-a em um recipiente de vidro ou plástico lacrado na geladeira. A pasta de cúrcuma dura cerca de um mês.

Comece os cães com uma pequena dose, cerca de ¼ colher de chá adicionada a cada refeição. Esta pode ser a dose real para cães pequenos e cachorros, mas para cães maiores aumente a quantidade a cada semana (mais ¼ colher de chá ou mais) até ver os resultados. Misture na comida do seu cão uma vez por dia e consulte o seu veterinário em caso de dúvidas.

Cuidado: A cúrcuma é um anticoagulante natural, portanto, alguns cuidados devem ser tomados ao usar o produto. Os cães que tomam medicamentos para diluir o sangue podem não ser candidatos ao uso de açafrão. Como com todos os suplementos, consulte seu veterinário antes de adicionar açafrão à dieta de seu cão, especialmente se ele sofre de uma doença crônica.


Como usar cúrcuma externamente para seu animal de estimação

A cúrcuma combate as infecções, ajuda a cicatrizar feridas e a parar o sangramento. Para feridas úmidas, o pó de açafrão seco pode ser borrifado na ferida limpa duas vezes ao dia. (Se o açafrão se misturou com sangue e formou uma crosta, não remova o açafrão, apenas limpe o ferimento conforme necessário e adicione mais açafrão, se necessário.)

A cúrcuma pode ser misturada com óleo de coco ou azeite de oliva para fazer uma pasta. Isso pode ser aplicado na pele e coberto com uma bandagem, se apropriado.


Assista o vídeo: O que seu cachorro NÃO pode comer de JEITO NENHUM Ju Almeida Pet (Junho 2021).